Infraestruturas críticas sob ataque cibernético

Áreas de infraestrutura crítica (energia, água, saúde, transporte, finanças, etc.) estão sob forte ataque cibernético no Brasil e no mundo, podendo comprometer serviços essenciais aos governos.

Pesados investimentos em capacitação e proteções adicionais são requeridos e os operadores desses complexos sistemas podem tornar-se o “elo mais fraco da corrente”.

Regulações, normas (nacionais e internacionais) são caminhos a serem trilhados e a participação da iniciativa privada e academia (universidades) tendem a fazer parte desse desafio.

Um estudo da Trend Micro, gigante da tecnologia, disponível na íntegra em https://www.trendmicro.com/vinfo/us/security/news/cybercrime-and-digital-threats/exposed-and-vulnerable-critical-infrastructure-the-water-energy-industries?_ga=2.64886959.1294629524.1540798288-1412244469.1391621411 e https://documents.trendmicro.com/assets/white_papers/wp-exposed-and-vulnerable-critical-infrastructure-the-water-energy-industries.pdf pode nos ajudar a compreender melhor esse cenário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.