66% das transações bancárias são feitas por celular, informa Banco Central

Segundo matéria do Banco Central, as transações bancárias por celulares representam 66% do total de transações realizadas no Brasil.

E você pode estar se perguntando: isso é seguro?

Sim, é seguro. Segundo a equipe da empresa DFNDR LAB, especializada no combate ao cibercrime, o sistema operacional do celular não permite que um aplicativo tenha acesso aos dados do outro, dificultando a ação de um eventual vírus no aparelho.

No entanto, há boas práticas que podem ajudar na segurança bancária, quando o acesso é de um celular:

  1. Opte pelo aplicativo do Banco ao invés de usar o navegador do celular
  2. Prefira a rede 3 ou 4G ao invés de uma rede pública não segura (wifi gratuito da rodoferroviária, por exemplo)
  3. Tenha um antivírus no celular (o Android oferece vários gratuitos)
  4. Use senha para bloqueio do seu aparelho celular (sempre, medida de segurança básica)
  5. Não deixe armazenadas suas credenciais de banco (Ex.: anotações dos seus dados bancários e senhas no aplicativo lembretes)
  6. Atualize constantemente tanto o sistema operacional quanto as versões de aplicativos do seu aparelho.

Fontes de pesquisa: http://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2018-11/servicos-bancarios-feitos-pelo-celular-aumentam-no-pais-diz-bc e https://www.psafe.com/blog/aplicativo-de-banco-e-seguro/ em 08/11/2018.

Fonte da imagem: https://openclipart.org/

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.